Lição 1: Pensar no futuro

2. O que fazem exatamente os futuristas?

O que fazem exatamente os futuristas?

De acordo com o dicionário da Oxford, a definição de futurista é: “Uma pessoas que estuda o futuro e faz previsões sobre o mesmo, com base nas tendências atuais.”

Na verdade, os futuristas estudam possíveis alternativas - as prováveis, e apresentam opções e expressam preferências que poderiam conduzir a um futuro específico - o preferível.
Por vezes escrevem histórias e tentam prevenir e inventar o futuro, aquilo que chamamos de ficção científica.
Qual o interesse dos seres humanos no futuro?

A ficção científica demonstrou, inúmeras vezes, ser a inspiração para muitas das invenções atuais e dos desenvolvimentos tecnológicos comuns:

EXEMPLO 2 2001: Odisseia no Espaço - trailer

Por exemplo, "2001: Odisseia no Espaço" é um filme de ficção científica épico, de 1968, sobre a evolução. Algures num passado distante, alguém ou algo deu um empurrão à evolução, ao colocar um monólito na Terra. Então, a evolução permitiu à humanidade alcançar a superfície lunar, onde está outro monólito, um que assinala a evolução da humanidade até esse momento. Aí, dá-se início a uma competição entre computadores e seres humanos para alcançar os monólitos. O vencedor alcançará o próximo passo da evolução, seja ele qual for. O filme foi produzido e realizado por Stanley Kubrick. O guião foi escrito por Kubrick e Arthur C. Clarke e foi parcialmente inspirado pelo conto de Clarke "O Sentinela". De facto, certa vez, Clarke descreveu a ficção científica como "a única droga que expande verdadeiramente a consciência".

EXEMPLO 3 Relatório Minoritário - trailer

"Relatório Minoritário" é um filme de ação, thriller-mistério e cyberpunk, de 2002, realizado por Steven Spielberg e baseado livremente no conto com o mesmo nome, escrito por Phillip K. Dick, em 1956. O tema principal do filme centra-se na questão do livre-arbítrio versus determinismo. O filme tenta perceber se o livre-arbítrio pode existir se o futuro for estabelecido e conhecido de antemão. Explora ainda temas como o papel da governação preventiva na proteção dos cidadãos, o papel dos meios de comunicação social num estado futuro onde os avanços tecnológicos tornam a sua presença quase ilimitada, a potencial legalidade de um procurador infalível e o tema recorrente de Spielberg sobre famílias desestruturadas. O filme apresentou inúmeras tecnologias de futuro fictícias, que perante os posteriores desenvolvimentos mundiais se revelaram proféticas. Antes do início da produção do filme, o realizador Steven Spielberg convidou quinze peritos para estes imaginarem quais as tecnologias que seriam desenvolvidas antes de 2054.

EXEMPLO 4 O que nos reserva o futuro ? por Sarah Jones

Sarah Jones muda de personagem com simples trocas de guarda-roupa. Num desempenho de rir às gargalhadas, convida para o palco 11 "amigos" do futuro —desde uma latina de fala rápida a um polícia sincero — e faz-lhes perguntas que todos queremos ver respondidas.

Afinal, é um futurista?